quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

 
RL 468x60
Passageiros & Mobilidade
21-04-2020
Nos transportes públicos
Uso de máscara vai ser obrigatório em vários países do Mundo
Tal como a carteira, o computador, o passe ou o telemóvel, é provável que depois do levantamento do Estado de Emergência não possa sair de casa sem um outro objeto: a máscara de proteção facial. E para quem utiliza os transportes públicos essa probabilidade é ainda maior. Alguns países já estão a preparar o regresso à “normalidade” e a estudar o levantamento de algumas medidas restritivas que foram impostas pela COVID-19. Uma delas passa pela obrigatoriedade de utilização de máscaras nos transportes públicos. Há países e cidades que já adotaram a medida, como por exemplo Singapura e Praga, na República Checa, onde quem não usa máscara não pode aceder aos transportes.
Em Inglaterra, o mayor de Londres, Sadiq Khan, pediu ao governo de Boris Johnson que crie uma legislação própria para obrigar todos os utilizadores de transportes públicos a utilizar máscaras. Segundo o autarca londrino, “nas circunstâncias em que não é possível manter a distância social, estou pensar nos transportes públicos, ou numa loja, devemos usar coberturas faciais não médicas, como lenços ou máscaras reutilizáveis”.
Em França, o primeiro-ministro Edouard Philippe anunciou o prolongamento do Estado de Emergência até dia 11 de maio e avançou que “com o desconfinamento, os transportes públicos irão regressar, então iremos necessitar de estudar barreiras e novas medidas de distanciamento, que provavelmente serão implementadas", revelando que “o transporte é um dos casos em que o uso da máscara terá de ser obrigatório a partir de 11 de maio".
Em Espanha, um dos países do Mundo mais afetados pela pandemia, também já se começa a pensar no pós-coronavírus, e o Governo de Pedro Sanchez já disse que vai distribuir 10 milhões de máscaras aos trabalhadores que tenham de utilizar os transportes públicos. Os governantes espanhóis também deverão solicitar às empresas o estabelecimento de horários de trabalho flexíveis para evitar a utilização massiva dos transportes.
Já a chanceler alemã, Angela Merkel alertou para o facto de ser recomendável “que as máscaras sejam usadas nos transportes públicos e durante a ida às compras”. O próprio Ministério da Saúde da Alemanha referiu que “o uso de máscara facial simples pode proteger os outros da infeção, especialmente porque algumas pessoas com coronavírus não sabem que têm a doença”.
E em Portugal, como será?
por: Pedro Pereira
1732 pessoas leram este artigo
421 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA