sábado, 15 de Agosto de 2020

 
Reta
Passageiros & Mobilidade
03-03-2020
Alta velocidade
Renfe dá o salto para os EUA com contrato de 6 mil milhões de dólares
A Renfe assinou uma parceria com Texas Central Railway para o desenvolvimento do primeiro projeto de alta velocidade nos Estados Unidos da América. O pré-acordo vinculativo entre a operadora ferroviária espanhola e a empresa privada americana envolve um contrato no valor de seis mil milhões de dólares (cerca de 5,4 mil milhões de euros) até 2042.

De acordo com a Renfe, a Texas Central Railway tem como objetivo ligar as cidades de Dallas/Fort Worth e Houston, no estado do Texas, através de uma rede ferroviária de alta velocidade. Com este projeto, “a Renfe continua a consolidar a sua participação num projeto histórico na ferrovia nos EUA”, assim como a sua expansão internacional, detalha a empresa.

A filial norte-americana Renfe of America, estabelecida para o desenvolvimento deste e de outros projetos em território americano, está encarregue de todo o trabalho de consultoria desta linha. Além disso, Isaías Táboas, presidente da Renfe, deslocou-se a Houston, no passado mês de janeiro, para ultimar o avanço do projeto com os responsáveis da Texas Central Railway.

Mais detalha a operadora espanhola que a construtora italiana Salini Impregilo, com sede em Milão, será responsável pela construção da infraestrutura, estando prevista a sua conclusão dentro de seis anos. Posteriormente, a Renfe será responsável pela manutenção e operação da rede ferroviária entre Dallas/Fort Worth e Houston no período entre 2026 e 2042.

Na fase de projeto e construção, até 2026, a Renfe vai receber 311 milhões de dólares (cerca de 280 milhões de euros) pela supervisão e consultoria da infraestrutura, sendo o remanescente (cerca de 5,05 mil milhões de euros) pago ao longo da operação até 2042.

Alargar a rede de alta velocidade até às cidades texanas de Austin e San António está igualmente equacionado pelo consórcio, expandindo assim a colaboração entre as duas empresas.

Primeiro projeto de alta velocidade nos EUA
A rede de alta velocidade entre Dallas/Fort Worth e Houston é o primeiro projeto do género em solo norte-americano, sendo o objetivo ligar as duas cidades, a uma distância de 386 quilómetros, em menos de 90 minutos.

Além das estações terminais de Dallas/Fort Worth e Houston está prevista uma estação intermédia no Condado de Brazos. Segundo a Renfe, “todas as estações estarão conectadas à rede rodoviária e aos sistemas de transportes públicos”, assim como terão “amplas zonas de estacionamento”, incentivando os passageiros para a utilização multimodal dos transportes.

Projetada pela Texas Central Railway, esta ligação ferroviária de alta velocidade está a ser equacionada desde 2014 com autoridades federais e estaduais a fim de conectar por ferrovia a quarta e a quinta maior região económica dos Estados Unidos.

Segundo a Texas Central Railway, este projeto vai gerar benefícios económicos no estado do Texas na ordem dos 36 mil milhões de dólares (cerca de 32 mil milhões de euros) nos próximos 25 anos, além de criar dez mil novos postos de trabalho por ano na fase de construção e cerca de 1.500 postos permanentes em fase de exploração do serviço ferroviário.

“A rede de alta velocidade da Texas Central Railway é o primeiro projeto ferroviário 100% privado deste género em todo o mundo, reforçando a viabilidade dos negócios neste setor”, explica a Renfe. O Texas, estado americano de referência na exploração de combustíveis fósseis, dá assim o primeiro passo no desenvolvimento de um sistema de mobilidade sustentável, alterando o paradigma cultural e social daquela região.
por: Pedro Venâncio
1564 pessoas leram este artigo
322 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA