segunda-feira, 9 de Dezembro de 2019

 
caetano 468x60
Passageiros & Mobilidade
11-11-2019
Visando a internacionalização
OPT vai apresentar em Barcelona plataforma MOBUS
A OPT vai estar presente no Smart City Expo World Congress, que irá decorrer nos próximos dias 19 a 21 de novembro, em Barcelona, onde terá um pitch sobre a plataforma de transporte flexível de passageiros MOBUS. A plataforma MOBUS consiste num sistema integrado constituído por cinco componentes: o sistema de gestão para o operador, que permite a definição operacional da rede, paragens, tarifas e a geração automática de rotas. A edição da rede é realizada através da interação direta com um mapa, permitindo ao operador uma colocação exata das paragens, estando também disponível a possibilidade de se gerar automaticamente trajetos entre paragens, com base na rede rodoviária existente na zona.

A aplicação para o passageiro possibilita que o pedido do cliente seja efetuado remotamente a partir da app mobile ou web. A aplicação call center é utilizada para a marcação das viagens, uma vez que os pedidos de viagem podem ser efetuados a partir de chamada telefónica. Esta componente é destinada a utilizadores sem acesso a smartphone. A aplicação do motorista indica os pontos de recolha, informação sobre o cliente e otimização de rotas em tempo real. Inclui a possibilidade de comunicar com o cliente e receber notificações sobre novos pedidos durante a viagem. A funcionalidade de planeamento de percursos e otimização de custos é suportada por algoritmos avançados para a otimização de rotas, sendo que o sistema considera os tipos de veículos e respetivas capacidades, assim como limitações temporais.



Para entrar em funcionamento, o primeiro passo é a existência de um plano de comunicação que faça a informação relevante sobre o serviço MOBUS chegar aos residentes da área geográfica onde estará disponível. Dados sobre a localização das paragens, horário de funcionamento do serviço, o tarifário, entre outras, devem ser divulgados.

Os cidadãos interessados podem desde logo registar-se através do site www.mobus.pt fazer o download da app, ou então ligar para a linha de atendimento respetiva. De seguida devem indicar a hora e a paragem que mais lhes convém e aguardar a confirmação da reserva. Depois de receber a confirmação por sms ou por chamada telefónica, dependendo da escolha do passageiro, resta-lhe estar no local escolhido à hora indicada. A MOBUS está a funcionar no concelho de Mafra, onde foi implementada para dar resposta ao surgimento de um novo Centro de Saúde no Centro da Cidade, mas que obrigou à deslocação de uma franja da população de uma zona rural para o centro da cidade, e não havia resposta na oferta de transportes público regular para o fazer. Assim, a Mafrense, empresa do Grupo Barraqueiro implementou a MOBUS, através da qual, desde junho, todos os dias há marcações. Deve entrar em funcionamento também na Maia, um dos concelhos da Área Metropolitana do Porto, por iniciativa da empresa MAIA Transportes, também do Grupo Barraqueiro. Neste concelho o objetivo a atingir é diferente e passa por proporcionar uma oferta nas freguesias de baixa densidade, entre determinados pontos aglomeradores das freguesias e a ligação aos interfaces de transporte público que existem, nomeadamente das zonas industriais do município.



A presença em Espanha
O mercado espanhol é “relevante para a OPT, não só na Península Ibérica, mas também pela sua influência na América Latina, constituindo uma porta de entrada neste mercado. A procura por soluções tecnológicas que permitam a gestão do Transporte de Passageiros Flexível tem vindo a crescer em toda a Europa, pelo que é uma oportunidade apresentar a solução no Evento Smart City Expo World Congress, que decorre em Barcelona na terceira semana de novembro já há alguns anos e onde marcam presença muitos players importantes do sector, desde representantes de Autoridades de Transportes, Operadores de Transporte Público, decisores políticos, entre outros”, esclarece a OPT.

A internacionalização deste produto está assim na lista de objetivos da empresa para 2020. “A arquitectura desta plataforma teve subjacente o ambiente web para a sua utilização, o que poderá facilitar a sua disseminação. Os interfaces foram desenhados de forma a serem intuitivos, fáceis de usar, permitindo uma boa experiência ao utilizador de qualquer parte do mundo. Trata-se de uma solução que permitirá responder a um problema que é transversal na mobilidade, colmatando a baixos custos necessidades específicas de uma franja da população em determinadas zonas, numa lógica de complemento da Rede Regular de Transporte Público de Passageiros”.
por: Sara Pelicano
Tags: Espanha   Mobus   OPT  
775 pessoas leram este artigo
114 pessoas imprimiram este artigo
1 pessoa enviou este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
BP Toolbox

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA