sábado, 19 de Outubro de 2019

 
RL 468x60
Carga & Mercadorias
25-07-2019
Porto de Sines
Conselho de Ministros aprova expansão do Terminal XXI e construção do Terminal Vasco da Gama
O Conselho de Ministros aprovou hoje o decreto-lei para a construção do novo Terminal Vasco da Gama, no Porto de Sines. “Este investimento privado, a atribuir em procedimento de contratação internacional, vai ao encontro dos objetivos do Governo em matéria de infraestruturas portuárias, com reflexos na economia ao nível da criação de emprego, da exportação de serviços e facilitação das exportações nacionais”, pode ler-se em comunicado.

Para a concretização do novo Terminal Vasco Gama serão investidos cerca de 642 milhões de euros (fundos privados), sendo o prazo de concessão de 50 anos, revela o Ministério do Mar. O futuro terminal ter uma capacidade de movimentação anual de três milhões de TEU’s, bem como um cais com 1.375 metros de comprimento, com três posições de acostagem. Além disso, para as restantes operações portuárias, a infraestrutura vai dispor de uma área de terrapleno com 46 hectares, 15 pórticos de cais e fundos de -17,5 m ZH.

A Tutela esclarece que o Terminal Vasco da Gama “será construído e financiado exclusivamente por fundos privados através da concessionária selecionada num procedimento de contratação pública internacional, incluindo a assunção de todos os riscos associados, concretizando o modelo de gestão do tipo landlord port”.



Também em reunião de Conselhos de Ministros foi aprovado o decreto-lei que altera as bases da concessão da exploração, em regime de serviço público, do Terminal XXI, também no Porto de Sines.

A expansão vai permitir que o Terminal XXI passe a oferecer uma frente de cais de 1.950 metros, repartidos numa frente de 1.750 metros e noutra de 200 metros, no sentido de possibilitar a atracação simultânea de quatro navios porta-contentores de última geração. Também a área de armazenagem passará dos atuais 42 hectares para 60 hectares, permitindo aumentar a capacidade instalada dos atuais 2,3 milhões de TEU’s para 4,1 milhões. Neste âmbito, serão ainda instaladas mais nove gruas super post-panamax, 30 pórticos de parque e equipamentos transportadores.

Segundo o Ministério do Mar, “este acordo representa um investimento global de 547 milhões de euros, a concretizar pela PSA Sines ao longo do prazo do contrato de concessão [20 anos], que compreende não só a expansão do cais de acostagem e respetivos equipamentos de movimentação, mas também a manutenção, substituição e renovação de equipamentos já instalados nas fases anteriores”.
por: Pedro Venâncio
1093 pessoas leram este artigo
159 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
BP Toolbox

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA