segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

 
RL 468x60
Passageiros & Mobilidade
24-08-2017
Duração de dois anos
Caldas da Rainha lança concurso para transportes urbanos
A Câmara Municipal de Caldas da Rainha acaba de lançar um concurso público internacional para a prestação de serviços dos sistemas de transportes intraurbanos: “TOMA”. O contrato terá a duração de apenas dois anos, uma vez que a partir de 2019 as competências e gestão da mobilidade nos 12 municípios que fazem parte da Comunidade Intermunicipal do Oeste, passarão a ser assumidos por aquela entidade. Aliás, a CIM Oeste deverá anunciar brevemente o lançamento do concurso público para a subconcessão dos serviços de transporte e que integra todos os transportes urbanos e interurbanos que fazem parte daquela Comunidade Intermunicipal. No entanto, o contrato celebrado entre a Câmara das Caldas da Rainha e a Rodoviária do Oeste, para a subconcessão do “TOMA” está a chegar ao fim, motivo que levou a autarquia a lançar um novo processo concursal.
O caderno de encargos agora publicado prevê o fornecimento de viaturas, meios técnicos e humanos e informação digital normalizada em tempo real para o funcionamento das carreiras urbanas na cidade das Caldas da Rainha, em autocarros para transporte de passageiros.
Os concorrentes terão de respeitar várias cláusulas impostas pelo caderno de encargos, como por exemplo, a obrigatoriedade de possuir veículos com idade até três anos e com capacidade mínima de 26 lugares; a obrigatoriedade de afetar quatro veículos em permanência ao serviço, garantir que existem equipamentos e sistemas de bilhética compatíveis com os cartões em uso nas linhas do TOMA, entre outras.
O adjudicatário terá também de fornecer dados estatísticos de utilização das linhas e das vendas de bilhética, numa periodicidade mensal à entidade reguladora. O caderno de encargos estabelece ainda vários requisitos tecnológicos aos concorrentes, nomeadamente que disponham de um sistema de informação ao público em tempo real, de um sistema de supervisão automático da execução do contrato – disponibilizando dados operacionais em formato digital e em tempo real – e ainda de um sistema de informação turístico de modo a permitir que a informação proveniente do “Smart.City.HUB Caldas da Rainha”, possa ser transmitido nos autocarros do “TOMA”.
por: Pedro Pereira
601 pessoas leram este artigo
59 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  




Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA