quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
03-03-2017
Na Indonésia
Ministra do Mar presente no World Ocean Summit 2017
A Ministra do Mar esteve presente no World Ocean Summit 2017, na Indonésia, onde defendeu que Portugal está a promover “Port Tech Clusters” nos portos do país, estimulando a criação de start-ups de base tecnológica que permitam as empresas beneficiar do acesso facilitado ao mar que os portos oferecem e de condições favoráveis para testar tecnologias marítimas que estão ainda em fases iniciais de desenvolvimento. Ana Paula Vitorino falava no painel dedicado à Economia do Mar, na abertura do World Ocean Summit 2017, organizado pela revista The Economist, que decorreu em Bali esta semana. A cimeira reuniu decisores políticos, empresas, ONGs e cientistas de todo o mundo que discutiram temas relacionados com o financiamento de uma economia sustentável nos oceanos.

A Ministra do Mar afirmou ainda que a chave do desenvolvimento sustentável do oceano reside na adoção da economia circular do mar. Em comunicado, o Ministério do Mar explica que “os novos modelos de negócio devem conseguir compatibilizar a rentabilidade atrativa com um desempenho ambiental positivo. A título de exemplo, recolher o lixo plástico Marinho para aplicação no fabrico de novos produtos, transformando os resíduos numa matéria-prima geradora de lucro e eliminando este problema ambiental dos oceanos”. Na sua intervenção, a Ministra do Mar referiu também o Roteiro para as Energias Renováveis Oceânicas, que visa a criação de um cluster industrial virado para a exportação destas tecnologias, tendo referido que “as energias renováveis do oceano têm potencial para suprir 25% das necessidades de geração elétrica de Portugal.

À margem da conferência a Ministra do Mar teve várias reuniões com empreendedores e investidores divulgando por um lado as oportunidades de investimento em Portugal e por outro o potencial de estabelecer parcerias win-win com centros de investigação e empresas nacionais. Ana Paula Vitorino efectuou ainda encontros bilaterais com várias entidades internacionais, nomeadamente o Secretário-Geral da IMO (International Maritime Organization), Kitack Lim, o Presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas, Peter Thomson, e ainda o Comissário Europeu do Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, em que foram estabelecidas linhas de possível colaboração com Portugal.
por: Miguel Pedras
1042 pessoas leram este artigo
284 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  




Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA