domingo, 28 de Maio de 2017

 
Carga & Mercadorias
17-02-2017
 
Para distribuição urbana
Scania Portugal apresentou novo camião híbrido
Apresentado ao Mundo em 2015, o camião híbrido da Scania, o primeiro no mundo a respeitar a norma Euro 6, já está disponível para o mercado português. Este veículo, destinado à distribuição urbana, permite obter uma redução nas emissões de CO2 até 92%.


A Scania passou a comercializar no mercado português o primeiro camião híbrido Euro 6 para distribuição urbana. O veículo, que está disponível com cabines CP ou CG, possui um motor de nove litros com cinco cilindros em linha e 320 cv e dispõe de uma caixa de velocidades E-GRS895 combinada com o Scania Opticruise. O motor pode ser alimentado por gasóleo em combinação com combustíveis alternativos, como o HVO e o FAME, permitindo, segundo a Scania, uma redução nas emissões de CO2 até 92%. Juntamente com o motor de combustão foi instalado um sistema híbrido, composto por um motor elétrico e uma Unidade de Potência Híbrida (UPH). O motor elétrico possui 130 kW (174 cv) e um binário de 1.050 Nm; já o UPH é constituído por uma bateria de iões de lítio híbrida com capacidade de 5 kWh (apesar de a capacidade útil ser de apenas 1,2 kWh) e uma potência de carga/descarga de 90 kW/120 kW; um sistema de refrigeração, um conversor DC/DC, um inversor DC/AC, um sistema de refrigeração e uma bomba refrigerante.

O camião arranca sempre em modo elétrico e pode ser conduzido exclusivamente nesse modo, denominado ‘Silent Mode’, a uma velocidade até 45 km/h. Quando se atinge essa velocidade entra em funcionamento o motor de combustão. A bateria é recarregada através do sistema de regeneração da energia cinética e também através do motor de combustão, através de uma função denominada ‘Charge’, operação essa que demora entre seis a sete minutos e á acionada pelo motorista, recorrendo a um botão instalado na consola central. 

Segundo Jorge Cordeiro, da Scania «a tecnologia híbrida disponibilizada pela Scania, combinada com biocombustíveis, já responde aos objetivos ambientais definidos no Acordo de Paris. Mas, vai ainda mais além, porque permite uma redução de CO2 na ordem dos 92%».

Comparativamente com um veículo diesel, e num cenário típico de condução, o novo camião híbrido pode alcançar uma economia de 18%.

A marca revela que este veículo permite aos clientes responder a algumas políticas que restringem a circulação de veículos a diesel no centro das cidades e que poderá potenciar novos negócios, nomeadamente a distribuição noturna, uma vez que o camião híbrido possui níveis de ruído muito baixos, principalmente em modo elétrico. Recorde-se que várias cidades europeias já adotaram a iniciativa European Quiet Truck/PIEK Light, que estipula um nível de ruído máximo de 72dB(A) em diversas localidades urbanas.

FICHA TÉCNICA

Características
Motor Diesel DC09 133 320CV Euro 6
Cilindros 5 em Linha
Cilindrada 9,3 L
Potência ?máxima 320 CV (235 kW) a 1900 rpm
Binário ?máximo 1600 Nm a 1050-1300 rpm
Controlo ?de emissões SCR
Configurações ?de rígidos 4x2, 6x2, 6x2*4
Caixa ?de velocidades E-GRS895 + Scania Opticruise
Distância ?entre eixos = 3900 mm

Motor Elétrico
Potência 130 kW
Binário 1050 Nm
Bateria Li-ion 5 kWh
Energia utilizável 1,2 kWh
Ciclos de carga 25-50% ?da capacidade para maximizar a vida útil
Potência de carga/descarga 90 kW/120 kW

por Pedro Costa Pereira
886 pessoas leram este artigo
171 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  





Samskip







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA