10/4/2019

Entrega em 2020

NYK aguarda pelo maior navio PCTP do mundo movido a GNL

A companhia marítima japonesa Nippon Yusen Kaisha (NYK) encomendou o maior navio Pure Car Truck Carrier (PCTP) do mundo movido a gás natural liquefeito (GNL). Segundo revela a NYK, o navio terá cerca de 200 metros de cumprimento, 38 metros de largura e 73.500 quilogramas de tonelagem bruta. A entrega está prevista para 2020.

Para minimizar a redução na capacidade de carga do veículo, causada pela instalação dos tanques de GNL, será otimizada a largura do navio, assim como implementados vários aspetos para maximizar o espaço de carga, permitindo transportar cerca de sete mil viaturas por viagem.

O futuro PCTP da NYK contará ainda com tecnologia de ponta para reduzir emissões extra de CO2, prevendo-se que seja 40% mais eficiente em termos energéticos (reduzindo as emissões de CO2 por unidade de transporte), excedendo os requisitos da fase 3 da EEDI da Organização Marítima Internacional (IMO), que entrarão em vigor em 2025.

Adicionalmente, estima-se que o navio reduza emissões de óxido de enxofre (SOx) em aproximadamente 99% e emissões de óxidos de nitrogénio (NOx) em cerca de 86%, em comparação com os motores convencionais a óleo pesado.

A NYK recorda que “a poluição do ar pelos gases de escape de navios tornou-se um desafio importante, e os regulamentos ambientais, em torno do setor de transporte marítimo, estão a ser fortalecidos ano após ano, à medida que a consciencialização ambiental aumenta”. Desta forma, prossegue a companhia nipónica, “espera-se que o GNL reduza significativamente as emissões de gases com efeito estufa, em comparação com o óleo pesado C (combustível marítimo comum), e atenda aos regulamentos SOx Global Cap, estabelecidos pela IMO, com entrada em vigor prevista para janeiro de 2020”.

Por: Pedro Venâncio
Fonte: