quinta-feira, 4 de Junho de 2020

 
RL 468x60
Passageiros & Mobilidade
22-12-2008

 

TRANSUL
Uma empresa entre as duas Margens do Tejo
 

A Transul começa a operar pouco depois da inauguração da Ponte sobre o Tejo em Agosto de 1966. No entanto só é fundada oficialmente no dia 1 de Janeiro de 1968, nascendo da fusão entre a Piedense e a Beira-Rio , as duas grandes empresas do concelho de Almada. À frente da empresa ficaram Rodrigo Zagalo e Melo, Fernando Sobral José e José de Sousa e Silva. A Transul transformava-se na empresa portuguesa com a mais jovem frota do país. Os seus carros vermelhos e cinza, sempre a brilharem, eram o espelho de uma direcção ambiciosa e dinâmica. No final do ano já haviam ultrapassado as 200 unidades. Possuía a segunda maior frota do país (a seguir aos Claras) de veículos para Turismo.

 

Em 1968 a empresa adquire 5 autocarros Leyland, de dois pisos e 87 lugares sentados que vão causar furor um pouco por todo o lado. As suas principais concessões são: Almada-Lisboa, e Costa da Caparica-Lisboa, Cacilhas-Costa da Caparica, Cacilhas-Feijó, Cacilhas-Paio Pires e Seixal . Em 1973 compra a João Maria dos Anjos, empresa sediada em Sesimbra.

 

Ao 25 de Abril a Transul tem 241 autocarros, 854 trabalhadores, dos quais 331 são motoristas, oferecendo mais de 13000 lugares, era a quinta maior empresa rodoviária do país. A qualidade dos seus serviços de aluguer e Turismo vão-se repercutir na recém-criada RN CEP 7, prolongando-se pela Rodoviária do Sul do Tejo e chegando ainda hoje à Transportes Sul do Tejo.

 

José Luís Covita
In TR 56 ; Outubro de 2007
 

Tags: TRANSUL  
2150 pessoas leram este artigo
347 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA