segunda-feira, 10 de Agosto de 2020

 
Reta
Carga & Mercadorias
23-04-2020
Tecnologia
Janela Única Logística arrancou no Porto da Figueira da Foz
A Janela Única Logística (JUL) está disponível no Porto da Figueira da Foz desde 22 de abril. A plataforma tecnológica substitui o sistema Janela Única Portuária (JUP), que funcionou nos últimos anos no âmbito da simplificação administrativa dos procedimentos portuários.

Em comunicado, o Porto da Figueira da Foz afirma que, desta forma, “se coloca no pelotão da frente dos sistemas de gestão portuária ao assumir esta nova plataforma, que partindo da excelente experiência que a JUP proporcionou, se estende para lá do transporte marítimo e alargará faseadamente a sua abrangência ao longo das cadeias logísticas”.

A JUL é um projeto é uma aposta no ecossistema digital como meio de desenvolvimento do negócio e criação de valor nas redes logísticas e portuárias. Através deste ecossistema os atores das redes logísticas e as autoridades partilham informação em tempo real e alinham processos para assegurar a sincronização das operações, nomeadamente através da integração digital multimodal dos vários meios de transporte (marítimo-ferroviário-rodoviário) e dos vários nós das cadeias logísticas que utilizam os portos portugueses.

O projeto JUL tem a coordenação nacional por parte da Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) e é operacionalizado pela Associação dos Portos de Portugal (APP) e todas as administrações portuárias do continente e ilhas. Conta com a participação das autoridades relevantes no projeto e de um conjunto alargado de operadores económicos e respetivas associações.

“O arranque agora no Porto da Figueira da Foz resulta de um intenso trabalho iniciado localmente com a APFF no início do corrente ano, tendo sido fundamental a parceria estabelecida e o profícuo trabalho com toda a comunidade portuária. Este facto é ainda mais relevante na medida em que o período difícil que todos vivemos com a pandemia motivou uma adaptação na forma como os trabalhos decorreram na reta final da implementação, mas nem por isso deixou de existir motivação para a conclusão deste processo de evolução. O arranque decorre em pleno estado de emergência nacional, no qual a utilização das tecnologias tem sido intensificada, sendo, desta forma, o Porto da Figueira da Foz também um excelente exemplo desta boa prática higiénica e de resiliência”.
por: Sara Pelicano
708 pessoas leram este artigo
279 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA