segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019

 
RL 468x60
Passageiros & Mobilidade
12-11-2019
Estudo da Bolt
Portugueses revelam preocupação por uma mobilidade mais sustentável
A Bolt, empresa de transporte individual e remunerado de passageiros em veículos descaracterizados, realizou um estudo no qual concluiu que os portugueses estão preocupados com o ambiente e revelam procurar formas mais sustentáveis de mobilidade.

No total, a Bolt inquiriu 4.660 mulheres e 3.385 homens portugueses com idades entre os 21 e 30 anos (43,7%) e os 31 e 40 anos (23,2%), destes 95% revelaram estar preocupados com o impacto que as suas escolhas diárias causam no meio ambiente e 89% refere já ter alterado os seus hábitos de consumo para escolher opções mais sustentáveis. De referir ainda que 94,6% dos portugueses gostariam que as marcas os ajudassem a ser mais ecológicos na sua vida diária, com a oferta de opções mais sustentáveis.

Relativamente aos hábitos de mobilidade, os transportes públicos são opção diária nas deslocações para o trabalho de 50% dos inquiridos e 28% fazem este trajeto em carro próprio. Em percursos inferiores a três quilómetros, as deslocações a pé são opção para 40% das pessoas e 27% recorre aos transportes públicos. O veículo elétrico seria claramente uma escolha, se o custo fosse o mesmo, dizem 85% dos portugueses auscultados neste estudo.

“Estes resultados colocam nas empresas a grande responsabilidade de criar medidas ecológicas, como absorver os custos da diminuição da pegada de carbono, mantendo os preços baixos. Na Bolt temos o compromisso de fazer exatamente isso e esperamos que mais empresas sigam o exemplo. Estamos a trabalhar para acelerar a mudança para os veículos partilhados e mais eficientes – carros elétricos, bicicletas, trotinetes e outros tipos de veículos que ainda precisam de ser inventados. No entanto, embora procuremos reduzir as emissões adicionando mais veículos partilhados e elétricos às nossas frotas pelas cidades, a compensação de carbono toma medidas imediatas para reduzir as emissões de hoje”, afirmou Markus Villig, CEO e fundador da Bolt.

Para alcançar esse objetivo, a Bolt lançou o Green Plan, um plano estratégico, no qual vai investir dez milhões de euros para alcançar o seu equilíbrio na pegada de carbono nos próximos cinco anos, enquanto procura formas alternativas de reduzir as emissões diretamente. A verba será utilizada para financiar a instalação, na África Oriental e na Índia, de turbinas eólicas e levar energia solar a famílias carenciadas e ainda para financiar um projeto de criação de florestas no Reino Unido.

A iniciativa ambiental tem ainda como objetivo compensar as emissões de CO2 do setor de transporte europeu em pelo menos cinco milhões de toneladas até 2025, reduzir as emissões europeias de CO2, oferecendo mais opções de viagens ambientalmente sustentáveis aos passageiros e compensar as emissões dos escritórios da Bolt em todo o mundo em 2020.

Neste caminho da sustentabilidade, a Bolt lançou também trotinetas elétricas.
 
por: Sara Pelicano
682 pessoas leram este artigo
94 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA