terça-feira, 10 de Dezembro de 2019

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
11-11-2019
Defende a ESPO e a EFIP
Ligações ferroviárias aos portos são essenciais para a sustentabilidade da multimodalidade
A Organização Europeia de Portos Marítimos (ESPO) e a Federação Europeia de Portos Interiores (EFIP) apresentaram um documento conjunto onde sublinham a importância da ferrovia no panorama do setor marítimo-portuário. Para ambas as entidades, os portos europeus são a base da multimodalidade, pelo que as operações e ligações ferroviárias eficientes de e para essas instalações (ou mesmo dentro delas) são essenciais para impulsionar a ferrovia como um modo de transporte sustentável.

Em uníssono, ESPO e EFIP consideram imprescindível a aposta no investimento e desenvolvimento das ligações de última milha, bem como conectar as redes ferroviárias nacionais através de portos com os terminais privados. Nesse sentido, as entidades defendem que os fundos do Mecanismo Interligar a Europa devem priorizar as ligações de e para os portos, enquanto os Estados-membros devem eliminar obstáculos legais ou governamentais que impedem o desenvolvimento dessas linhas.

O transporte ferroviário apresenta inúmeras vantagens, sendo uma delas a redução do congestionamento rodoviário, estimam as duas organizações europeias. Como portas de entrada e saída da Rede Transeuropeia de Transportes (RTE-T), os portos europeus são a junção de diferentes cadeias de abastecimento, pelo que a aposta na ferrovia ao hinterland seja uma prioridade para a eficiência e sustentabilidade da aclamada multimodalidade.
por: Pedro Venâncio
580 pessoas leram este artigo
78 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
BP Toolbox

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA