sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

 
TIS  468x60
Carga & Mercadorias
16-07-2019
Investimento 100% privado
Yilport investe 122M€ no Terminal de Alcântara
A Administração do Porto de Lisboa (APL) e a Liscont (Grupo Yilport) assinaram um Memorando de Entendimento relativo ao consenso alcançado no processo de Renegociação do Contrato de Concessão do Terminal de Contentores de Alcântara. O acordo entre as partes contempla uma concessão até 2038 e um plano de investimento de 122 milhões de euros100% privado – no Terminal de Contentores de Alcântara.

Deste montante, serão investidos 26,5 milhões de euros em infraestruturas, dois milhões de euros na aquisição e implementação de infraestrutura tecnológica e 93,5 milhões de euros na aquisição e instalação de equipamentos.

Segundo o Ministério do Mar, grande fatia do investimento será realizada nos próximos dois anos (entre 2020 e 2021), período no qual serão aplicados 44,1 milhões de euros no Terminal de Contentores de Alcântara, destacando-se a aquisição de dois novos pórticos de cais e seis novos pórticos de parque, além de investimentos direcionados para a formação, segurança e certificação das operações”.

No seu discurso, a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, destacou que este investimento vai permitir ao Terminal de Alcântara “reunir todas as condições para a sua afirmação como terminal portuário de referência, no âmbito de um setor de atividade altamente competitivo, desempenhando adequadamente o papel idealizado no quadro do mercado nacional e internacional de receção e movimentação de carga contentorizada”.

Entre a modernização dos equipamentos, será feita a substituição das gruas RTG, movimentadas a diesel, para equivalentes elétricas, permitindo uma redução de 85% nas emissões de CO2. Além disso, os pórticos serão com rodado de pneu, permitindo operações mais silenciosas no terminal.

Concluído o investimento, estima-se ainda o “aumento do feixe ferroviário, impulsionando a operação ferroviária e com a implementação do transporte fluvial, para a expedição e entrega de contentores no terminal, através do rio Tejo”, disse a ministra do Mar.

O presidente da Yilport e do Grupo Yildirim, Robert Yildirim, justificou mais um investimento em Portugal pela estabilidade económica do país. “A economia portuguesa não é grande, mas é estável, e gostamos da forma como cresce e tem potencial para crescer”. Assim, o empresário turco prometeu “aumentar o investimento em infraestruturas, portos e logística”, em Portugal, por forma a “ajudar a economia portuguesa a crescer”.

No seu discurso, Robert Yildirim disse ainda que “Lisboa é, francamente, uma cidade esquecida. As infraestruturas são horríveis, têm 40 anos ou mais. Desde aí, nada mais foi feito. Então porquê investir em Lisboa? Muitas pessoas dizem que sou doido por querer investir em Portugal... e eu digo-lhes: Esperem e vejam!”.
por: Pedro Venâncio
779 pessoas leram este artigo
127 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA