sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
16-05-2019
Diz João Carvalho
“É difícil acompanhar a evolução dos modelos de negócio ligados à logística urbana”
João Carvalho, presidente da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, considera difícil “acompanhar a evolução de todos os modelos de negócio” em torno da mobilidade e da logística urbana. Na 1.ª Conferência: As Cidades e a Logística, organizada pela APLOG, o presidente da AMT disse ainda que Portugal é um “país bipolar”, uma vez que “carece de infraestruturas básicas” mas que vê evoluir demasiado rápido “serviços partilhados” nos centros urbanos.

Sobre o crescimento dos novos modelos de negócio, João Carvalho diz que “não temos de os parar, mas sim enquadrar da melhor forma possível”. Na sua opinião, perante uma “evolução tecnológica imparável”, é necessário “um enquadramento cada vez mais rápido”, pois “não havendo legislação, a regulação comete contraordenações”.

Na sua intervenção, o regulador deixou ainda uma mensagem aos municípios, indicando que estes “devem olhar para a mobilidade de forma agregadora”, bem como “um serviço”.
por: Pedro Venâncio
1012 pessoas leram este artigo
270 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
BP Toolbox

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA