segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018

 

 
 
Artigos Relacionados
Não existem artigos relacionados


caetano 468x60
Carga & Mercadorias
08-11-2018

Fonasba Young Ship Agent and Ship Broker of the year award 2018
É com satisfação que partilho com os leitores da Transportes em Revista o júbilo pela conquista deste prémio atribuído pela Fonasba (The Federation of National Associations of Ship Brokers and Agents).

Este prémio anual foi lançado em 2015, com o objetivo de incentivar os mais jovens da nossa profissão a examinar detalhadamente alguns aspetos do agenciamento marítimo e da corretagem de navios (setor marítimo mais amplo), de modo a pesquisar e produzir um documento ao nível de tese sobre um tópico proposto, permitindo um intercâmbio de informação e do mesmo modo contribuir no pensamento e desenvolvimento desta atividade à esfera mundial.



Considerando os trabalhos triunfantes nas edições anteriores, e sendo esta a minha primeira candidatura a este prémio, a fasquia de concluir um trabalho digno de ser vencedor era alta. Contudo, nesta área de negócio não há impossíveis e com empenho e dedicação nada é inatingível. É uma honra ser digno desta distinção com todos os reconhecimentos recebidos a nível mundial e perante um júri bastante exigente e rigoroso.

Os agentes de navegação são, no seu todo, uma das partes integrantes do transporte marítimo que representa, como sabemos, cerca de 93% de todo o comércio mundial. A sua presença é fundamental para uma maior fluidez das operações dos navios e/ou suas mercadorias em cada porto marítimo, o que acrescenta sempre uma mais-valia. A competitividade e exigência são cada vez mais altas na nossa atividade, obrigando ao necessário acompanhamento e desenvolvimento das novas tecnologias, não descurando a motivação dos respetivos recursos humanos – um agente por si só tende a ser ultrapassado, caso não consiga acompanhar as exigências dos seus clientes, quer do lado do transportador quer do lado da mercadoria. A concorrência é sempre benéfica para todos os stakeholders, contudo demasiadas vezes privilegia-se o custo baixo em detrimento da qualidade do serviço. Todos sabemos que numa operação, é uma utopia conciliar os três elementos chave: “Tempo: rápido”, “Custo: baixo” e “Qualidade: alta”. É necessário haver um investimento constante dos agentes de navegação, de modo a oferecer aos seus clientes esta quimera com maior sucesso. O pensamento evolutivo, disruptivo e tecnológico, são cada vez mais importantes a curto prazo, salientando que estamos no vértice da 4.ª revolução industrial.

O trabalho ora publicado e premiado, “The Shipping World in 2025, a Roadmap for Ship Agents”, acessível na página oficial da Fonasba foi elaborado com estes ideais e sob o tema proposto para a edição de 2018 “New business opportunities in a changing shipping world” ou “The profession of the ship agent (and or) ship broker in 2025”. Esta tese foi desenvolvida diariamente desde dezembro 2017, tendo conhecido a sua versão final em junho 2018. A mesma foi revista e atualizada em alguns tópicos face à constante evolução dos mercados, de modo a antecipar aqueles que julgo serem os principais desafios, oportunidades e transformações em geral da nossa área até 2025.

Penso que não adicionaria valor em minuciá-la neste artigo, ficando ao vosso dispor para comentários ou esclarecimentos através dos meus contatos.

A experiência adquirida na Navex ao longo de vários anos no agenciamento de navios e outras áreas de negócio em que participamos, o suporte, a confiança pessoal e formação permanente dentro do Grupo E.T.E., foram fundamentais para me dar a segurança em todo este projeto e alcançar este galardão. O simples fato de ter realizado este estudo foi para mim muito gratificante, justificando todo o tempo pessoal e energias despendidas. Ter obtido esta preciosa conquista, é um enorme orgulho e que seguramente será seguido pelos excelentes profissionais que potenciam os agentes de navegação.

Filipe.miguel@navex.pt
por: Filipe Miguel Martins/ NAVEX – Grupo ETE
479 pessoas leram este artigo
86 pessoas imprimiram este artigo
1 pessoa enviou este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA