segunda-feira, 12 de Novembro de 2018

 
caetano 468x60
Passageiros & Mobilidade
23-08-2018
Transporte de passageiros
Volare prevê superar as 500 unidades exportadas
A Volare, unidade de negócios da Marcopolo S.A. e fabricante de veículos leves para o transporte de passageiros, prevê crescer no mercado internacional, alcançando as 500 unidades exportadas.

“O resultado é fruto da estratégia implementada pela marca desde 2015 para crescimento da sua presença em alguns dos mais importantes mercados no mundo, como os países da América Latina, África, Oriente Médio”, explica a empresa em comunicado.

A Volare tem trabalhado na abertura de mercados expandido a rede de concessionários e na ampliação do volume de vendas em casa um dos países nos quais já atua. “Estamos com cerca de 30 revendedores na América Latina, África e Oriente Médio e pretendemos nomear novos parceiros para crescer ainda mais”, explica o gerente de exportação, Rodrigo Bisi.

O principal mercado de exportação é o Chile, que representa em torno de 50% do total de veículos exportados. Outros países da América Latina, como o México e o Peru, também têm importante participação. “Este ano, iniciámos a comercialização de veículos no México, por intermédio da parceria com a operação da Marcopolo naquele país, a Polomex, e já comercializamos mais de 30 unidades”, destaca Rodrigo Bisi.

No ano passado, a Volare comercializou cerca de 370 veículos no exterior, um pouco abaixo do volume de 2016, quando foram exportadas 426 unidades para 21 países, com a abertura de mercados, como Camarões, Costa do Marfim, Emirados Árabes, Guatemala e México.

Os modelos mais exportados são o Volare Fly 10, o maior produzido pela marca, para até 36 passageiros; o Fly 9 e o Attack 9, ambos com PBT de nove mil quilogramas e que proporcionam diferentes configurações, tanto para turismo e fretamento, com amplo espaço e conforto, quanto para o transporte urbano, pela sua maior capacidade.
De acordo com Rodrigo Bisi, a estratégia da Volare é ampliar gradualmente a representatividade das exportações no negócio Volare. Hoje, representa, em unidades, pouco mais de 20%. “O nosso objetivo é aumentar a produção total e também as exportações para que participe com cerca de 30% do total produzido anualmente”, esclarece comunicado da empresa.
por: Sara Pelicano
717 pessoas leram este artigo
146 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA