domingo, 16 de Dezembro de 2018

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
11-06-2018
Pneus
Michelin passa a equipar frota da Primafrio
A Michelin e a espanhola Primafrio assinaram um acordo de colaboração "na busca por um modelo de transporte mais eficiente e respeitador do meio ambiente". Isto significa que a Michelin vai passar a equipar a frota da empresa espanhola, que possui mais de dois mil camiões. Esta colaboração representa, para a frota do Grupo Primafrio, "uma redução das emissões de CO2 de 5750 toneladas por ano, o equivalente às emissões produzidas por 48 camiões com semirreboque a circular durante um ano. De igual modo, obterá uma poupança média no consumo de 1 litro por cada 100 quilómetros, o que equivale a uma redução média das emissões de CO2 de 2,5 quilos por cada 100 quilómetros".
Adicionalmente, o acordo entre ambas as entidades representa, por um lado, a otimização dos custos graças à utilização de pneus eficientes em consumo de combustível, a integração de um acompanhamento exaustivo da respetiva manutenção, com o intuito de circular sempre com a maior segurança e limitando os incidentes em estrada, e por outro, a prova fidedigna do valor que podem representar os pneus na redução dos gastos e do seu impacto sobre o meio ambiente.
Segundo Jorge Prego, diretor de Soluções e Serviços Frotas da Michelin Espanha e Portugal, "estamos muito satisfeitos com o acordo alcançado com a Primafrio, enquanto frota de referência do mercado ibérico pela sua dimensão, dinamismo e capacidade de crescimento. A Michelin demonstra, uma vez mais, a sua capacidade para oferecer uma solução personalizada a cada cliente. O acordo foi materializado através do contrato Effitire, baseado num custo variável ligado ao nível de atividade e à quilometragem. Permite a redução dos custos globais da frota, graças ao equilíbrio de prestações entre a duração e o consumo de combustível dos pneus Michelin, assegurando, para mais, a manutenção preventiva". Já Juan Conesa, diretor Geral do Grupo Primafrio, assinala que este acordo enquadra-se "no nosso compromisso com o meio ambiente, em que se concentram diversas ações, como a sensibilização de todo o nosso pessoal, o lançamento de uma auditoria ambiental, para conhecer as áreas suscetíveis de melhoria, e o cálculo da nossa pegada de carbono, que em breve concluiremos. Do mesmo modo, todos os nossos veículos estão dotados de motores Euro VI, tecnologia que reduz as emissões para a atmosfera e os consumos".
Recentemente, as duas empresas realizaram um teste demonstrativo para medir o impacto da mais recente geração de pneus Michelin com baixa resistência ao rolamento sobre o consumo, e, por consequência, sobre as emissões de CO2. Para tal, foram equipados 21 conjuntos de camião e semirreboque com pneus "MICHELIN X Line Energy", com classificação energética A, em todos os eixos dos veículos, e outros 21 conjuntos equipados com os pneus de origem utilizados até à data na frota. Depois de mais de sete milhões de quilómetros percorridos, e com um acompanhamento rigoroso, através da telemática, do consumo em cada reabastecimento e da distância percorrida, os resultados do teste mostraram-se consistentes e conclusivos.
por: Pedro Pereira
1084 pessoas leram este artigo
245 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA