quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

 
RL 468x60
Carga & Mercadorias
01-03-2018
Gás natural veicular
Transportes Paulo Duarte adquire cinco novos veículos
A Transportes Duarte adquiriu cinco novos veículos a gás natural veicular, uma compra que se integra na estratégia de sustentabilidade ambiental da empresa.

De acordo com a transportadora, “a utilização do Gás Natural Veicular possui duas grandes vantagens inerentes a essa tecnologia. Primeiramente o facto de proteger o meio ambiente em relação a outros combustíveis e em Segundo o facto de ser uma energia bastante económica em relação ao consumo de outros veículos”.

A Transportes Paulo Duarte tem como objetivo reduzir e prevenir os impactos ambientais negativos mediante a utilização sustentável dos nossos recursos naturais. “A aposta no gás natural veicular faz todo o sentido relativamente à estratégia da empresa, aliado ao objetivo de renovação da própria frota”, lê-se em comunicado da empresa.

Relativamente às vantagens no transporte, associadas à utilização de uma frota a gás natural, “afirmamos que podemos efetuar uma determinada rota a um custo mais reduzido, a própria autonomia dos novos veículos proporciona essa vantagem às empresas. Outra vantagem que anda sempre indissociada deste tipo de combustível é certamente ser amiga do meio ambiente, o gás natural entra neste cenário como alternativa, séria e direta ao gasóleo”.

A Transportes Paulo Duarte pretende continuar o investimento nesta área. A perspetiva é aumentar ano após ano a quota de veículos a gás natural. Os novos camiões ecológicos já estão em circulação.
por: Sara Pelicano
1092 pessoas leram este artigo
301 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA