quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

 
Passageiros & Mobilidade
24-01-2018
Bilhética
TIP desenvolve primeira app intermodal entre regiões
A Área Metropolitana do Porto (AMP) e as Comunidades Intermunicipais da Região de Aveiro, Cávado e Viseu Dão Lafões, estão a desenvolver um projeto-piloto de bilhética que irá permitir a integração modal e tarifária entre as quatro regiões.
O sistema irá funcionar como um uma espécie de roaming, isto é, os utilizadores poderão utilizar os transportes em áreas fora do sistema em que estão registados. Para tal, basta descarregar uma app que está a ser desenvolvida pela TIP – Transportes Intermodais do Porto e que será comum às quatro regiões. Por exemplo, um cliente que está registado no “Anda” – a nova aplicação que permite utilizar os transportes públicos da AMP apenas com recurso ao telemóvel - poderá viajar livremente nos transportes de Viseu, Aveiro ou Braga, e para o fazer não precisa de fazer nenhum registo, uma vez que os dados já estarão integrados. Em declarações à Transportes em Revista, João Marrana, administrador-delegado da TIP revelou que «o projeto irá permitir normalizar um sistema que funcione para todos os tipos de bilhética, criando interfaces entre todos e permitindo a comunicação de dados. Este é um projeto de mobility as a service».
No entanto, o objetivo final é que esta app esteja também integrada com outros sistemas e modos de transporte, como o bikesharing, carsharing, park & ride e também táxis e plataformas agregadoras de mobilidade, como a Uber. Para João Marrana, «a ideia é interligar nestas quatro regiões o transporte público e os outros serviços de mobilidade. Ao descarregar a app o cliente poderá utilizar qualquer um dos sistemas de bilhética existentes. É algo único em Portugal e penso que até na Europa. Irá funcionar da mesma forma que um serviço de roaming».
O responsável acrescenta que ainda não existe data para o lançamento oficial do projeto, mas que este será «desenvolvido ao longo deste ano. Ainda estamos à espera de financiamento para desenvolver o sistema, uma vez que é bastante complexo».
por: Pedro Pereira
1846 pessoas leram este artigo
271 pessoas imprimiram este artigo
2 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA