terça-feira, 19 de Junho de 2018

 
RL 468x60
Carga & Mercadorias
03-01-2018
Em 2017
Daimler Trucks prevê crescimento de 12% nas vendas
A Daimler Trucks estima um aumento do volume global de entregas na ordem dos 12%, em 2017. Até novembro do ano passado, a marca germânica vendeu um total de 422.500 unidades, mais 7.400 veículos que em igual período de 2016.

Ainda sem dados definidos do mês de dezembro, a Daimler Trucks espera que, até final do ano, tenham sido entregues 465 mil viaturas. Confirmado, este valor supera as estimativas da marca no início do ano transato, marcado pelo investimento contínuo em I&D de camiões mais eficientes, elétricos e conectados em rede.

O crescimento global das vendas da Daimler Trucks deve-se, em parte, ao aumento das vendas para o mercado norte-americano, com especial evidência no segundo semestre do ano. Até novembro, foram entregues 150.600 unidades na América do Norte, cerca de 12% do total de vendas.

Na Europa, Suíça e Noruega foram os mercados com maior crescimento, na ordem dos 3% (73.600 unidades). Destaque ainda para os mercados russo e turco onde a Daimler Trucks aumentou o número de vendas para as 7.800 e 9.500 unidades, respetivamente. Na América do Sul, a marca alemã entregou 27.300 unidades, mais 9% que em 2016, e na Ásia 132.400, um aumento de 18%. Já o Médio Oriente registou um aumento do número de entregas em 31%, com 21 mil veículos.

Ao longo de 2017, a Daimler Trucks trabalhou no desenvolvimento de veículos elétricos com destaque para o início da produção em série do Fuso eCanter, já disponível em alguns mercados.
por: Pedro Venâncio
726 pessoas leram este artigo
125 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  





Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA