quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

 

 
 
 
 
 
Artigos Relacionados
Não existem artigos relacionados


Carga & Mercadorias
10-10-2017

Plataformas e Terminais Logísticos
Soluções integradas para uma maior eficiência na gestão
O posicionamento geoestratégico que Portugal evidencia, na convergência de importantes rotas intercontinentais (Este-Oeste e Norte-Sul) de mercadorias, complementada com um conjunto de infraestruturas existentes e em desenvolvimento, “reforça” a oportunidade de afirmação do País como Plataforma Intercontinental de Transhipment. Contudo, a competitividade crescente - Portugal concorre, diretamente, com outros sistemas logísticos europeus que apresentam vantagens competitivas importantes – coloca maior pressão na eficiência e nos níveis de serviço, permitindo, numa lógica de cadeia, a fluidez e eficiência necessárias na gestão dos fluxos logísticos.



A eficiência de uma cadeia logística “mede-se” pelos índices de eficiência globais apresentados, pelo que é fundamental que os integrantes do Setor (Portos, Plataformas logísticas intermodais e multimodais, Portos secos e demais Stakeholders) se “(re)estruturem” no sentido de viabilizar o estabelecimento de verdadeiras cadeias logísticas intermodais “porta a porta”. E, neste enquadramento, o papel da TIC’s é estruturante, potenciando o estabelecimento de novos paradigmas de funcionamento “alicerçados” no aumento dos níveis de serviço, na otimização processual, na melhoria de recursos e na agilização / optimização dos fluxos de comunicação.

Se no domínio portuário têm sido dados passos importantes no sentido de reforçar as condições tecnológicas de suporte à atividade portuária (ainda que num contexto em que o “nó” porto surge como elemento nuclear), é ao nível da articulação intermodal que surgem as maiores dificuldades e/ou desafios de complexidade.

Este contexto conforma uma “janela” de oportunidade para a implementação de soluções tecnológicas que alavanquem um novo paradigma de funcionamento ao nível das principais estruturas de articulação intermodais, desde logo ao nível das plataformas e terminais logísticos intermodais / multimodais.

Como aumentar a Eficiência ao Nível da Gestão de Plataformas e Terminais Logísticos Intermodais?
O Sistema Logístico e de Transportes Nacional confere às Plataformas Logísticas / Terminais Intermodais um papel estruturante na articulação de cadeias logísticas intermodais “porta-a-porta”, globalmente mais eficientes, económicas e competitivas. Contudo, e enquanto partes integrantes de cadeias logísticas “alargadas” e que se articulam a montante e a jusante com múltiplos stakeholders, devem garantir condições operacionais (humanas, processuais, infraestruturais e tecnológicas) que contribuam para uma maior competitividade das cadeias logísticas em que se inserem.
A adoção de soluções tecnológicas inovadoras e direcionadas para o “core” da sua atividade, promovendo a desmaterialização processual, maior eficiência na comunicação, quer a nível interno quer na relação com os demais modos da rede logística, e índices de serviço superiores, são portanto condições essenciais para o aumento de competitividade e da capacidade de atrair novos negócios das infraestruturas logísticas nacionais.

A Visão de Desenvolvimento
A resposta aos desafios supracitados está na adoção de novos paradigmas de funcionamento e gestão, suportada por Plataformas Tecnológicas que integrem os domínios críticos da atividade desenvolvida.

Objetivamente, falamos de um Sistema Integrado de Gestão de Plataformas e Terminais Logísticos, cuja arquitetura funcional e tecnológica permite suportar todos os domínios críticos da atividade desenvolvida, articulando diversos módulos funcionais e/ou integrando outras aplicações já existentes.

Paralelamente, promove uma estrutura de comunicação “em REDE”, baseada na adoção de standards internacionais e na integração automática com sistemas e/ou estruturas de dados a montante e a jusante, como por exemplo a JUP/JUL, promovendo uma maior eficiência dos fluxos de comunicação.

Componentes da Solução
Genericamente, podemos “seccionar” este desafio em dois níveis distintos e cuja eficiente articulação “projeta” a atividade desenvolvida para patamares de competitividade e eficiência superiores: A Gestão da Comunicação entre Stakeholders e a Gestão das Operação em Terminal.
O Módulo de Gestão da Comunicação “MultiStakeholder” é suportada num toolkit - Transport Comunication System - que viabiliza processos de comunicação mais ágeis e eficientes, priorizando a adoção de standards de comunicação a nível internacional (ver imagem 1).



Através deste toolkit estão criadas as condições para a eliminação de redundâncias e ineficiências ao nível dos fluxos documentais e de comunicação, quer por via da integração com sistemas estruturados (a montante e a jusante) quer pela possibilidade de inserção de dados via EXCEL e/ou registo direto (manual) no sistema.

De entre os processos suportados registe-se:
• Escalas de Viagem, Instruções e Relatórios de Carga e Descarga de veículos (ferrovia ou rodovia);
• Gestão de Processos de Transporte Rodoviários - Autorizações de Entrada, Saída e Levantamento de Carga no Terminal;
• Gestão / Desmaterialização de Documentação - Faturas, Guias de Transporte, DE’s, Trânsitos, etc;
• Tracking sobre processos e mercadorias - Portal MultiStakeholder (com acesso restrito e controlado) que permite gerir todos os processos em que cada stakeholder intervém.



O Módulo de Gestão de Terminal suporta todas as operações realizadas sobre a mercadoria na área de abrangência do Terminal ou Plataforma Logística, desde o atendimento / entrada na portaria até à sua expedição, garantindo a obtenção e disponibilização dos pontos de relato e controlo da atividade fundamentais (ver imagem 2).

por Gonçalo Inácio, FORDESI- Business Developer Manager
1012 pessoas leram este artigo
129 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  




Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA