domingo, 23 de Julho de 2017

 
Carga & Mercadorias
04-04-2017

Brasil
Presidente da Chronopost Portugal lidera aquisição da Jadlog
O Grupo Geopost, por intermédio de Olivier Establet, adquiriu a segunda maior rede privada de entregas de encomendas no Brasil, que só no ano passado faturou cerca de 120 milhões de euros. Em Portugal, os resultados da Chronopost mostram-se positivos, sendo que 2016 foi “o melhor ano de sempre”.


O Grupo GeoPost anunciou a aquisição de 60% da brasileira Jadlog. Esta ação representa um passo importante na história da empresa, sendo a primeira vez que o Grupo se introduz no continente sul-americano. Ao atual presidente da Chronopost Portugal, Olivier Establet, cabe o mérito de ter conduzido as negociações para esta aquisição, tendo sido, por isso, nomeado presidente do Conselho de Administração da Jadlog.

Esta empresa é a segunda maior rede privada de entregas de encomendas no Brasil. A empresa dispõe de uma das maiores estruturas de distribuição porta a porta, capaz de chegar a todos os municípios brasileiros, por meio de mais de 500 franquias instaladas em todas as regiões e de uma extensa rede rodoviária e aérea. Em 2016, a empresa faturou 406 milhões de reais (cerca de 120 milhões de euros), com um crescimento de 12,2% em relação ao ano anterior, ultrapassando sete milhões de encomendas movimentadas. Entre as primeiras prioridades da Jadlog, está previsto o desenvolvimento de uma rede Pickup no Brasil com milhares de pontos, a interligação da Jadlog com a rede DPDgroup para oferecer um serviço internacional e um projeto de automatização do hub de São Paulo. Esta operação significa um volume de faturação anual de 65 milhões de euros e um total de 17 milhões de encomendas entregues por ano.
 
Olivier Establet, presidente da Chronopost e da SEUR em Portugal, liderou este projeto para a GeoPost ao longo dos últimos dois anos, identificando a empresa Jadlog como “o parceiro ideal para desenvolver negócios no Brasil, como se encarregou da negociação com os sócios fundadores da empresa para a aquisição de uma participação maioritária de 60%”. O novo presidente do Conselho de Administração da Jadlog salienta que “nos últimos dois anos, este é o terceiro processo de aquisição concluído favoravelmente, depois da Lisespo e da Lordtrans. Esta política de aquisições, desafiante mas ao mesmo tempo entusiasmante, é uma estratégia concertada e alinhada globalmente com a ambição de sermos líderes incontestáveis nos mercados onde atuamos. Em Portugal, particularmente, estamos três anos adiantados em relação às nossas previsões de chegarmos à liderança do mercado até 2020“.

“Melhor ano de sempre” em Portugal
De facto, para a Chronopost Portugal não restam dúvidas, o ano de 2016 foi “o melhor de sempre”, com a empresa a registar um crescimento das receitas em 8,4% e na atividade global de 12,1%, mais do dobro do mercado, o que permitiu à empresa reforçar a sua quota de mercado. Segundo Olivier Establet, a companhia “apresentou um excelente desempenho em todos os serviços prestados, com um crescimento particularmente relevante no que se refere ao segmento B2C, isto é, entregas a particulares que resultam principalmente de compras efetuadas online, com um crescimento de mais 34%, e ao serviço rodoviário internacional, a Chrono Classic, com um acréscimo de 20% face a 2015”.

Em 2016, o DPDgroup atingiu em Portugal uma faturação consolidada que ultrapassou os 60 milhões de euros e entregou mais de 16 milhões de encomendas, considerando as atividades da Chronopost e da Seur no nosso país. “Estes resultados fazem de nós o maior operador em Portugal”, afirma Olivier Establet.

A Chronopost tem investido continuamente na sua oferta e na inovação tecnológica, facto que tem trazido o reconhecimento do mercado e dos consumidores. A empresa está a preparar algumas novidades no que respeita ao reforço da sua estratégia para o B2C. “Quando, em 2015, traçámos como meta o ano de 2020 para sermos líderes de mercado, não imaginaríamos que o conseguiríamos alcançar três anos antes do prazo”, conclui Olivier Establet. Mas sem os seus colaboradores a Chronopost reconhece que estes bons resultados mais dificilmente se obteriam. Por isso mesmo, a empresa deu início a um projeto radiofónico interno que pretende envolver e motivar os colaboradores de todas as estações da empresa em Portugal. Começaram assim, as emissões da Rádio Red.

Com emissão a partir da estação da empresa de Lisboa, a rádio interna da Chronopost conta com música, notícias e muito entretenimento nas primeiras horas da manhã. A emissão decorre das 7h às 9h e é assegurada pela locutora Rita Correia. “A rádio interna que agora lançamos é um desafio enorme para a empresa e uma das iniciativas de que nos orgulhamos, porque nela se reflete aquele que é o espírito da Chronopost. As pessoas que aqui trabalham são o ativo mais importante que podemos ter, pelo que se elas estiverem motivadas, seguramente que prestarão um serviço de qualidade superior aos nossos clientes”, refere Olivier Establet.

Este é um projeto desenvolvido de raiz pela Chronopost em parceria com a Indigo, contando com o apoio da Sociedade Portuguesa de Autores, sendo da Sony Music a responsabilidade da seleção da playlist das músicas a emitir a partir do estúdio da Radio Red. Esta iniciativa vem assim juntar-se a outros meios de comunicação interna já existentes na Chronopost e pretende ser mais um veículo de interação e motivação entre os colaboradores da empresa de norte a sul do país.

por Miguel Ribeiro Pedras
1320 pessoas leram este artigo
170 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA