quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

 
RL 468x60
Carga & Mercadorias
04-04-2017

Inovação:
Coreia do Sul desenvolve contentor dobrável
O Governo da Coreia do Sul anunciou que está a ser criado, com sucesso, um contentor que pode ser reduzido para um quarto do seu tamanho em apenas 10 minutos. A inovação promete revolucionar o setor do transporte de mercadorias.


Anualmente cerca de 25% dos contentores transportados em todo o mundo viajam vazios. Os contentores permitiram melhorar a eficiência logística do transporte de mercadorias, mas é sabido no setor que um contentor vazio, para além do espaço que ocupa, representa um custo para o transportador e para o cliente. Calcula-se, aliás, que este problema represente um gasto de 6,7 mil milhões de dólares a nível mundial.

Já diferentes países procuram, sem sucesso, encontrar uma solução para este problema. Tanto nos Estados Unidos da América como na Holanda as tentativas para desenvolver um contentor dobrável, que permitisse diminuir os custos de transporte, no caso de viajarem vazios, saíram goradas. A fragilidade dos contentores criados por americanos e holandeses, bem como o tempo e custo do processo de dobragem, para o qual eram necessários entre cinco a seis pessoas, tornaram esta inovação inviável.
Porém, da Coreia do Sul chegam notícias revelando que afinal é mesmo possível criar um contentor dobrável, permitindo libertar espaço sempre que este não contenha mercadorias no seu interior. De acordo com o jornal The Korean Times, o Ministério sul-coreano da Terra, Infraestruturas e Transportes anunciou que o país desenvolveu com sucesso contentores dobráveis que podem diminuir notavelmente os custos de transporte.



Este novo produto pelo qual o mercado parecia ansiar foi desenvolvido por um instituto coreano que se dedica à inovação e investigação na área dos caminhos de ferro, o Korea Railroad Research Institute. Segundo este instituto, o novo contentor mantém a resistência dos contentores normais, inclusive na zona das dobradiças. Pode ser dobrado por apenas duas pessoas, acto que demora uns meros 10 minutos, reduzindo-se, assim, a um quarto do tamanho de um contentor padrão.

No entanto, o novo contentor sul-coreano só deverá estar pronto para o mercado mundial em 2021, havendo a promessa por parte do Ministério da Terra, Infraestruturas e Transportes de um apoio e acompanhamento atento no desenvolvimento e testes a esta inovação. Até porque, segundo o Governo da Coreia do Sul, caso se comprove que o contentor dobrável é fiável, para além de poder vir a representar um sucesso comercial, espera-se que “reduza para cerca de 300 mil milhões de won [moeda da Coreia do Sul], só na Coreia, os custos de frete e até seis biliões de wons em todo o mundo”.


por Miguel Ribeiro Pedras
1636 pessoas leram este artigo
358 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  




Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA