quinta-feira, 30 de Março de 2017

 
caetano 468x60
Passageiros & Mobilidade
01-02-2017
PO SEUR
Candidaturas apresentadas para 39 autocarros elétricos
Quatro dos principais operadores portugueses de transportes públicos urbanos - Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP), Carris, Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) e Transportes Urbanos de Braga (TUB) - vão apresentar candidaturas, no âmbito do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (PO SEUR), para apoiar a aquisição de autocarros urbanos elétricos. No total serão 39 as unidades a serem objeto de co-financiamento comunitário para substituição de autocarros diesel por outros que utilizem outras fontes energéticas. A STCP apresentou candidaturas para 13 unidades, seguindo-se a Carris com dez, os SMTUC também com dez e os TUB com seis.
O PO SEUR tem como objetivo promover a eficiência energética nos transportes públicos coletivos de passageiros. Esta linha de apoio do Fundo de Coesão dispõe de um total de 60 milhões de euros. Cada operação apoiada poderá receber até um máximo de 20 milhões de euros, que corresponde a uma taxa máxima de cofinanciamento de 85 por cento da diferença de aquisição entre um autocarro diesel tradicional e um outro menos poluente. Pretende-se promover a utilização de veículos mais eficientes e que utilizem combustíveis com melhor desempenho ambiental, no setor dos transportes urbanos públicos coletivos de passageiros num âmbito de renovação da frota existente, designadamente através da aquisição de veículos novos movidos a gás natural comprimido, gás natural liquefeito, hidrogénio, eletricidade ou que sejam híbridos plug-in, com emissões inferiores em cada um dos limites máximos aplicáveis, fixados na Norma Euro VI em, pelo menos, 15 por cento, e da instalação de novos postos de abastecimento de GNC, GNL, hidrogénio e energia elétrica.
O administrador dos TUB, Teotónio dos Santos, afirmou que gostaria de ter um “apoio mais concreto” à renovação da frota, mas nessa impossibilidade a empresa municipal vai aproveitar a linha de apoio que está actualmente aberta para comprar seis autocarros eléctricos. “É pena que não haja outras janelas de oportunidade. O apoio em questão só contempla 85% da diferença entre um autocarro a diesel tradicional e outro menos poluente. Os TUB terão assim de comparticipar sempre mais de 50% do valor total do autocarro, pelo que, de momento, só temos capacidade para adquirir esses seis”, referiu Teotónio dos Santos, realçando que logo que exista luz verde, será aberto um concurso público internacional para a compra dos veículos.
Segundo o responsável, um autocarro tradicional custa cerca de 200 mil euros, sendo que um eléctrico andará entre os 400 mil e os 450 mil euros, estando o preço bastante dependente das baterias, sendo que são estas que determinam a autonomia do veículo.
Além do Porto, de Lisboa, de Coimbra e de Braga, também a cidade de Guimarães irá contar com autocarros elétricos no serviço de transporte urbano, uma vez que a autarquia já anunciou que o próximo concurso público internacional para a concessão dos TUG (Transportes Urbanos de Guimarães) será para essa tipologia de veículos.
Estas candidaturas representam uma grande oportunidade para a indústria fornecedora, designadamente a CaetanoBus, que desenvolveu um autocarro totalmente elétrico - o eCityGold, mas não só, uma vez que existem outros fabricantes internacionais que podem estar interessados em concorrer aos concursos públicos, casos, por exemplo, da Irizar, da BYD, da Solaris, da Van Hool, da VDL ou da Volvo Buses, entre outros.
por: Miguel Pedras
Tags: autocarros elétricos   Carris   POSEUR   SMTUC   STCP   TUB  
1113 pessoas leram este artigo
114 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA