terça-feira, 26 de Setembro de 2017

 
Carga & Mercadorias
20-01-2017

Mercedes-Benz Vans
Protótipo “Vision Van” estreia estratégia “adVANce”
Apresentado à imprensa no evento “Van Innovation Campus” e ao público
no Salão de Veículos Comerciais de Hannover, o protótipo Mercedes-Benz Vision Van sintetiza a nova estratégia da marca para os veículos comerciais ligeiros “adVANce” e a sua visão deste tipo de viatura do futuro, que será elétrica e conectada.




A Mercedes-Benz Vans apresentou a sua estratégia para os veículos comerciais ligeiros em 2020, que assenta numa mudança de filosofia de construtor de veículos para fornecedor de soluções integradas de transporte. De acordo com a visão da marca alemã, o veículo comercial do futuro será conectado e elétrico e materializou-se no protótipo “Vision Van”. Trata-se de um veículo que integra vários sistemas e tecnologias para a denominada “última milha” na distribuição. O Vision Van dispõe de um compartimento de carga totalmente automatizado, um sistema que permite a receção de drones para entregas aéreas com navegação autónoma e um sistema de joystick que substitui o volante convencional. O veículo vem equipado com um sistema de motorização elétrica com uma potência de 75 kW, que oferece uma autonomia até 270 quilómetros, garantindo entregas com emissões zero.

O Mercedes-Benz Vision Van foi desenvolvido no âmbito da nova estratégia para veículos comerciais ligeiros, denominada “adVANce”. O objetivo é repensar a mobilidade e aproveitar as oportunidades da logística conectada. Esta abordagem irá conduzir ao desenvolvimentos de novos produtos e serviços, permitindo à Mercedes-Benz expandir o seu modelo de negócio para além do “hardware” de um furgão. Ao abrigo da estratégia “adVANce” foram identificados três pilares fundamentais: conetividade, designada “digital@vans; soluções baseadas em “hardware”, denominada “solutions@vans”; e soluções de mobilidade, integradas no “mobility@vans”.



“Com o Vision Van apresentamos o comercial do futuro, que será inteligente, limpo e totalmente interconectado”, afirma Volker Mornhinweg, responsável da Mercedes-Benz Vans. “O Vision Van integra muitos conceitos para operações futuras de entregas em ambiente urbano”, acrescenta. Este veículo incorpora várias tecnologias inovadoras e serve de elemento central e inteligente numa cadeia de abastecimento totalmente conectada. Algoritmos inovadores controlam as recolhas das encomendas, a carga dos pacotes, a gestão totalmente automatizada do espaço de carga, o planeamento das rotas e a entrega por drones.

A combinação de software de controlo alojado na “cloud” e a otimização do ‘hardware’ permitem reduzir o tempo de operação, melhorar a qualidade e a flexibilidade das entregas. A Mercedes-Benz garante uma redução considerável no tempo de entrega de uma mercadoria, graças ao novo sistema.



O interior do Mercedes-Benz Vision Van também é inovador. Os designers da marca alemã eliminaram o volante, os pedais e a consola central, que foram substituídos por um sistema de condução eletrónico comandado por um ‘joystick’, permitindo a criação de novas opções de design. Como o túnel do motor e o veio da transmissão deixaram de existir, os designers da marca alemã conseguiram criar um veículo com um piso mais baixo na cabina. Esta configuração permite aumentar a liberdade de movimentos a bordo e facilita o trabalho do operador de distribuição urbana. A parede traseira do separador entre o habitáculo e o compartimento de carga avançou, libertando espaço atrás para receber mais mercadoria.

Nascido elétrico
O Mercedes-Benz Vision Van conta com um sistema de motores elétricos no eixo traseiro, que desenvolvem uma potência de 75 kW e um binário até 270 Nm, e um sistema modular de baterias, que permite uma autonomia entre 80 km e 270 km, este veículo oferece uma resposta muito rápida e uma elevada agilidade, a partir do arranque. A velocidade máxima teórica é de 120 km/h, mas foi limitada eletronicamente a 80 km/h, uma vez que é considerada a mais adequada para operações típicas de distribuição urbana. O Mercedes-Benz Vision Van inclui todas as opções standard de carregamento da bateria: por indução, por cabo de alimentação AC e por carga rápida DC. O sistema de recuperação da energia cinética é igualmente utilizado para carregar a bateria durante as travagens.

Ao contrário de um motor de combustão tradicional, o sistema de propulsão elétrico possibilita a otimização da arquitetura do veículo, com um espaço de carga sempre ao mesmo nível e uma dianteira mais curta. Como os túneis da transmissão e do diferencial foram eliminados, os designers conseguiram conceber um veículo com um piso mais baixo na cabina. Isto aumenta a liberdade de movimentos e facilita o trabalho do motorista.

A área de trabalho do motorista, incluindo a parede traseira, avançou, aumentando o compartimento de carga. O sistema de propulsão elétrico também é benéfico para o design exterior do veículo: as reduzidas necessidades de refrigeração da cadeia cinemática possibilitaram a minimização da área do radiador. Isto facilitou a integração da grelha de radiador “Black Panel” com luzes LED, que é a forma como o Vision Van transmite a sua presença com o meio envolvente.
994 pessoas leram este artigo
362 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  




Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA