domingo, 19 de Novembro de 2017

 
Carga & Mercadorias
05-10-2016
Comerciais médios
Nissan substitui Primastar pela NV300
A Nissan apresentou a gama NV300 no Salão de Veículos Comerciais de Hannover. Este modelo, que se posiciona entre o NV200 e o NV400 no portefólio de produto da marca, vem substituir a gama Primastar e encerra o plano de renovação da família de veículos comerciais ligeiros da Nissan.
A gama NV300 será proposta em quatro versões de carroçaria na variante furgão (chassis curto, com teto normal, chassis curto com teto alto, chassis longo com teto normal e chassis longo com teto alto), duas versões na variante de seis lugares (chassis curto, com teto normal e chassis longo com teto normal) e uma variante de chassis-plataforma (chassis longo e teto normal). Em função das necessidades dos operadores, os veículos serão propostos com painéis laterais em chapa ou vidrados ou diferentes configurações de portas traseiras (portão basculante ou portas duplas de batente). Para o transporte de passageiros, estão disponíveis duas versões da NV300 Combi (chassis curto e teto normal ou de chassis longo com teto normal), que oferecem uma lotação até nove lugares.
 

O compartimento de carga do furgão permite receber até três europaletes, mesmo na versão de chassis curto. Uma abertura na parte inferior da caixa de carga, no lado do passageiro, permite prolongar a área de carga, possibilitando o transporte de objetos mais longos, com um comprimento máximo de 3,75 metros e de 4,15 metros, nas versões de chassis curto e longo, respetivamente. O volume útil de carga varia entre 5,2 e 8,3 m3.
 

Em termos de motorizações, a Nissan disponibiliza quatro níveis de potência, com base no motor 1.6 dCi: 95, 120, 125 e 145 cv. As duas primeiras opções contam com um turbo para sobrealimentação do propulsor e as restantes são biturbo, isto é, dispõem de um turbocompressor para baixos regimes e de um outro para regimes mais elevados. Os modelos biturbo dispõem da tecnologia Stop&Start para redução do consumo e indicador ECO, para mudança de velocidade, que também é opção na motorização de 95 cv. Isto permite otimizar o consumo de combustível através da limitação do binário e de uma resposta mais suave do acelerador. O furgão de mercadorias mais eficiente tem o motor de 125 cv e apresenta um consumo médio combinado de 5,9 l/100 km. Estes valores são ainda melhores na versão Combi, com uma média anunciada de 5,6 l/100 km.
A gama NV300 conta com uma garantia de fábrica de cinco anos ou 160 mil quilómetros, que também se aplica aos acessórios originais da marca, e intervalos de manutenção de dois anos ou 40 mil quilómetros.
 

por: Carlos Moura
1020 pessoas leram este artigo
376 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
1 pessoa comentou este artigo
Comentários
06-10-2016 16:49:21 por Tenho uma NV400
pois infelizmente o nv 400 já não se comercializa em Portugal
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  




Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA