sexta-feira, 25 de Maio de 2018

 
Carga & Mercadorias
23-09-2016
Concessões Portuárias
Bruxelas critica atraso na renegociação de contratos
A Comissão Europeia criticou a existência de um “atraso considerável” na renegociação dos contratos de concessões portuárias, avança o Jornal de Negócios. Os portos em questão são os de Aveiro, Leixões, Lisboa e Sines e, segundo a Comissão Europeia, citada pelo Negócios, "as renegociações das concessões portuárias estão consideravelmente atrasadas e não parece haver progressos, embora a sua conclusão possa contribuir significativamente para aumentar a competitividade do setor”. Bruxelas aponta estas renegociações como importantes “para reduzir efectivamente a factura portuária aos utilizadores", apesar dos atrasos nas renegociações dos contratos.

Bruxelas recorda ainda no documento que o Tribunal de Contas já afirmou também haver a necessidade de revisão dos contratos, até porque existem rendas excessivas nas concessões portuárias. De acordo com a mesma fonte, a Comissão Europeia refere igualmente que "ainda não está claro como as autoridades podem avançar com incentivos necessários para estimular a eficiência e assegurar que a duração de qualquer nova concessão é limitada ao tempo necessário para a recuperação do investimento".
por: Miguel Pedras
1260 pessoas leram este artigo
449 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
pop up_12etr
Minimizar
 Imprimir   





Spinerg


  




Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA