domingo, 22 de Julho de 2018

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
26-08-2016
No primeiro trimestre
Receitas das concessões portuárias decresceram  
As receitas das concessões auferidas pelas administrações portuárias nos principais portos portugueses decresceram cerca de três por cento durante o primeiro trimestre deste ano, para os 16,2 milhões de euros.
Segundo o relatório da Unidade Técnica de Acompanhamento de Projetos (UTAP), estes dados foram o resultado de uma “consequência do decréscimo registado ao nível das receitas portuárias em praticamente todos os terminais” através de atrasos na faturação e quebra do movimento de mercadorias nos terminais concessionados em cerca de dois por cento.
O porto de Lisboa foi aquele que teve uma maior quebra nas suas receitas, na ordem dos seis por cento. Factos que ficaram a dever a uma descida de oito por cento ao nível das quantidades movimentadas face ao período homólogo do ano passado e ao mesmo tempo, as greves ocorridas no início de abril também contribuíram para este resultado desde o momento que as mesmas foram pré-anunciadas, como se pode ler no Boletim da UTAP.
O porto de Sines foi o único porto onde os proveitos aumentaram, tendo registado uma subida de três por cento.
 
por: Diogo Damião
1392 pessoas leram este artigo
480 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  





Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA