quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
22-03-2012
Augusto Mateus
«Operador ibérico pode ser solução para a CP Carga»
O antigo ministro da Economia, Augusto Mateus, defende que a solução mais interessante para a CP Carga, passa pela «construção de um operador ibérico e pela junção de interesses portugueses e espanhóis». Em declarações à Transportes em Revista, Augusto Mateus, que na próxima semana irá presidir à Mesa do 10º Congresso da ADFERSIT, refere que «se houvesse um programa espanhol e português para refazer, apesar da crise, aquilo que é a base técnica da sua rede ferroviária para o transporte de mercadorias e se houvesse algum compromisso entre as duas partes, com certeza que isso daria uma outra tranquilidade aos potenciais investidores». Em relação à falta de interessados na CP Carga, situação que levou o Governo a adiar para final do ano a conclusão da privatização da empresa, Augusto Mateus revela que «é normal que assim seja. O presente da CP Carga não é das coisas mais interessantes. Não se trata de uma operação muito forte, portanto é normal que o Estado português tenha alguma dificuldade em encontrar uma solução imediatamente satisfatória». Para o ex-ministro «é preferível construir uma boa solução do que uma solução à pressa que pode ter alguns benefícios financeiros a curto prazo mas que não tem benefícios económicos no médio prazo e que não irá gerar valor para a economia nacional».
Augusto Mateus adianta ainda que «a não clarificação da situação económica da empresa também ajuda à falta de interesse. Não está nada clarificado, se a empresa é privatizada com ou sem passivo, com ou sem material circulante… é mais incerteza e mais risco. Quem compra tem interesse em saber o que está a comprar. Não havendo manifestação de interesse exterior a Portugal e Espanha, o Governo deveria ser mais pró-ativo no sentido de dar mais consistência aos interesses nacionais. E deveria obviamente ter uma “shortlist” de potenciais interessados com quem deveria falar abertamente sobre os seus objetivos e o que eles pensam sobre isso, de modo a poder estabelecer um processo de privatização que ajude a criar uma solução duradoura e que permita o aumento da competitividade das nossas empresas».
por: Pedro Pereira
2742 pessoas leram este artigo
563 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
1 pessoa comentou este artigo
Comentários
27-03-2012 14:41:07 por Mario Costa Macedo
Este senhor Mateus é muito engraçado e a sua credibilidade assim como os políticos da sua geração e sobretudo os que foram minitros de Portugal deixa muito a desejar.Lamento que esta revista perca tempo em ouvir os que estes charlatões que levaram o país à situação em que está. Deveria ser chamado à peda e repor o dinheiro mal gasto qundo timnha responsabilidaes governativas. Peço que não percam tempo com estes sujeitões.
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA