segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018

 
STCP
Passageiros & Mobilidade
25-03-2009
Refer já emitiu comunicado
Linha do Tâmega também foi encerrada
Para além da linha do Corgo, a Refer decidiu também suspender a circulação na linha ferroviária do Tâmega, que liga Amarante à estação de Livração/Caldas de Canaveses, na linha do Douro. Segundo a gestora da infra-estrutura ferroviária “foram identificados factos negativos relacionados com a condição técnica das linhas de bitola métrica do Tâmega, Corgo e Tua, bem como elaborado o normativo especificando os parâmetros para garantia da segurança da sua operação"; factores que levaram a Refer e a CP a suspenderem a operação do serviço ferroviário nas linhas do Tâmega e Corgo, assim como manter a suspensão do serviço na linha do Tua entre o Cachão e a Foz do Tua.
No entanto, a Refer admite que as intervenções nas linhas do Tâmega e do Corgo deverão iniciar-se “dentro de quatro meses e serão antecedidas por consultas aos municípios envolvidos e à CCDR Norte, para avaliar a qualidade e tipo de serviço que se reconheça mais adequado em cada caso e proceder ao eventual ajustamento das intervenções previstas pela Refer e pela elaboração dos respectivos projectos de execução”. Em entrevista à Transportes em Revista, há cerca de um ano, a secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, garantiu que «por minha orientação nunca será encerrada nenhuma linha ferroviária, por razões financeiras. Porque acho que existe um custo que o Estado tem de assumir a bem de um país mais sustentável do ponto de vista social e ambiental».
por: Pedro Pereira
753 pessoas leram este artigo
195 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA